veículo de difusão de informações em análise de marcha, reabilitação e biomecânica, captura de movimento para produções industriais
clinical gait analysis, rehabilitation and biomechanics, industrial "motion capture" (MoCap)



Análise Clínica da Marcha: Projeto Social

Difusão e aplicação da análise de marcha em
processos de reabilitação do aparelho locomotor (revisão 3)


1. Descrição Geral:

Este projeto pretende dar acesso à pacientes de baixa renda, acometidos por doenças neuromusculares e ortopédicas, e a profissionais da área de reabilitação (médicos, fisioterapeutas e engenheiros) ao exame clínico da marcha, ou do caminhar humano - seus fundamentos, tecnologia e orientações de tratamento.

Histórico: O estudo do movimento humano remonta à Aristóteles, mas a moderna análise de marcha, com aplicações clínicas, surgiu após a segunda grande guerra mundial, na Universidade da Califónia, com o ortopedista Dr. Verne Inman, então incumbido pelo governo norte-americano de atuar na reabilitação de veteranos de guerra. Até meados da década de 70, a análise da marcha não foi difundida por limitações tecnológicas, embora muitos fundamentos teóricos já estivessem estabelecidos e sendo utilizados em condições experimentais; entretanto, a partir do surgimento e massificação do computador pessoal, viabilizou-se o emprego desta técnica no processo de reabilitação. A partir de então, a análise de marcha tem auxiliado na reformulação de vários conceitos empregados no tratamento de algumas doenças que acometem severamente o aparelho locomotor: paralisia cerebral, acidente vascular cerebral (AVC), doença de Parkinson, mielomeningocele, etc.

Iniciativa: O laboratório de estudos do movimento (LEME) do Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) pretende realizar exames de marcha, e discutir seus resultados clínicos, em pacientes indicados por instituições filantrópicas de reabilitação da Grande São Paulo.

2. Motivação:

Devido aos altos custos da tecnologia e da complexidade na formação dos recursos humanos empregados na análise clínica da marcha, a difusão deste instrumento diagnóstico é muito pequena no Brasil, estando restrita a alguns poucos centros de reabilitação pioneiros, como a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) em SP, ou a rede Sarah de hospitais. Há dois anos, em novembro de 2008, o centro de reabilitação do HIAE adquiriu e estruturou um novo laboratório de marcha em SP, com tecnologia de última geração (investimento aproximado de US$ 175.000,00 em equipamentos).

Infelizmente, este importante recurso tem um alcance limitado, não pela grande demanda de pacientes (tabela 1), mas sim pela ausência de difusão dos conceitos e do uso deste instrumento pelos profissionais de reabilitação, mesmo entre aqueles ligados à universidades e centros de pesquisa.

Tentar modificar esta realidade (complexa e difícil) por meio do acesso à análise clínica da marcha de um número significativo pecientes, e posterior difusão de seus resultados aos profissionais e estudantes de reabilitação, é a motivação desta proposta.

Se, em médio prazo, a análise de marcha for inserida nos cursos de graduação de medicina, fisoterapia e engenharia, haverá uma inestimável atualização e modificação nos tratamentos de reabilitação aplicados aos pacientes com doenças que acometem o aparelho locomotor.

Tabela 1 - prevalência de algumas doenças:
-Traumatismo Cranioencefálico (moderado a grave): 1-2/1.000 habitantes
-Acidente Vascular Cerebral: 2-3/100 habitantes
-Paralisia Cerebral: 2/1.000 nascidos vivos
Fonte bibliográfica: Vivancos-Matellano F, Pascual-Pascual SI, Nardi-Vilardaga J, Miquel-Rodriguez F, de Miguel-Leon I, Martinez-Garre MC, Martinez-Caballero I, Lanzas-Melendo G, Garreta-Figuera R, Garcia- Ruiz PJ, Garcia-Bach M, Garcia-Aymerich V, Bori-Fortuny I, Aguilar- Barbera M; Spanish Group on Spasticity. Guide to the comprehensive treatment of spasticity Rev Neurol. 2007 Sep 16-30; 45(6):365-7

3. Parcerias em negociação:

A proposta preliminar deste projeto prevê que pacientes de três instituições filantrópicas de reabilitação sejam atendidos no período de dois anos. Entretanto, outras instituições podem se juntar ao projeto, desde que fontes adicionais de financiamento sejam disponibilizadas.
Parcerias em negociação na região da Grande São Paulo:

4. Detalhamento dos objetivos:

Este projeto tem dois objetivos básicos, ligados aos campos da saúde e educação:

- permitir o acesso de 384 pacientes de baixa renda, no período de 24 meses, ao exame clínico da marcha para suporte diagnóstico de seus tratamentos de reabilitação (o exame de marcha poderá ser repetido posteriormente para avaliação da eficiência dos tratamentos propostos, e possíveis correções). Assim, espera-se garantir a cada paciente o melhor tratamento disponível, dentro dos atuais limites do conhecimento científico estabelecido;
cálculos: em 24 meses serão realizados 16 exames/mês = 384 exames

- difundir, entre os profissionais de reabilitação (médicos e fisioterapeutas) das instituições atendidas, os conhecimentos e a importância da aplicação da análise clínica da marcha. Estabelecer este conhecimento como novo paradigma no planejamento de tratamentos de reabilitação.

5. Projeto de referência:

Um projeto similar, com a realização de exames de marcha sem custo, foi desenvolvido pela AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) no ano de 2010. O financiamento foi realizado pelo FUMCAD da prefeituta de SP.
Projeto: Exames de Diagnóstico Gratuitos para Crianças e Adolescentes da AACD.
Valor do Projeto: R$ 488.880,00
Fonte: Prefeitura de São Paulo

6. Investimentos (rev. 3):

- aquisição de 4 computadores para a montagem de salas de videoconferência nas instituições envolvidas. As videoconferências serão o principal meio de discussão e difusão das informações e conhecimento. Equipamento sugerido: HP Pavilion Slimline s5510br c/ Intel Pentium Dual Core E5300 2.6GHz 4GB 500GB DVD-RW Windows 7 Basic 64-Bit - HP com Monitor LCD 18,5" Widescreen B1930N - Samsung
Preço unitário = R$ 1.599,00
Investimento total = R$ 6.396,00
Fonte: Lojas Americanas

- aquisição de 4 projetores multimídia. Equipamento sugerido: Projetor Samsung SP-M250 com Luminosidade de 2500 Lumens – Samsung. Garantia: 36 meses.
Preço unitário = R$ 1.709,05
Investimento total = R$ 6.836.20
Fonte: Extra Hipermercados

- contratação dos serviços de webconferência: WebEx
Assinatura mensal = US$ 49,00
Assinatura anual (com desconto) = US$ 468,00 (aprox. = R$ 795,60)

- aquisição de 384 exames de análise de marcha no Laboratório de Estudos do Movimento do Hospital Israelita Albert Einstein (LEME-HIAE):
Preço unitário = R$ 2.075,01 (fonte HIAE - Centro de Reabilitação: fone 2151-1100)
Investimento total = R$ 796.803,84

- aquisição de 4 mini-bibliotecas:

Títulos sugeridos (Internacionais):
Biomechanics and Motor Control of Human Movement David A. Winter
US$74,68 / total = US$ 298,72

Biomechanics in Clinic and Research: An interactive teaching and learning course
Jim Richards
US$ 139,96 / total = US$ 559,84

Clinical Gait Analysis: Theory and Practice
Christopher Kirtley
US$ 76,22 / total = US$ 304,88

Gait Analysis: Normal and Pathological Function
Jacquelin Perry MD, Judith Burnfield PhD PT
US$ 82,13 / total = US$ 328,52

The Identification and Treatment of Gait Problems in Cerebral Palsy (Clinics in Developmental Medicine)
James R. Gage, Michael H. Schwartz, Steven E. Koop, Tom F. Novacheck
US$ 182,60 / total = US$ 730,40

Human Walking
Jessica Rose, James G. Gamble
US$ 96,89 / total = US$ 387,56

- Fonte: Amazon.com

Total internacional = US$ 2.609,92 (aprox. = R$ 4.436,86 - fator de conversão empregado = 1.70)

Títulos sugeridos (Nacionais):
Análise de Marcha (Volume 1) – Marcha Normal
Jacquelin Perry
Editora Manole
R$ 93,00 / total = R$ 372,00

Análise de Marcha (Volume 2) – Marcha Patológica
Jacquelin Perry
Editora Manole
R$ 89,00 / total = R$ 356,00

Total nacional = R$ 728,00

- transporte e refeição para pacientes e acompanhantes:
4 translados dentro da cidade de São Paulo (4 x R$ 3,00) = R$ 12,00
Total para 384 exames = R$ 4.608,00
2 refeições no HIAE (2 x R$ 15,00) = R$ 30,00
Total para 384 exames = R$ 11.520,00

Investimento preliminar previsto para 24 meses: R$ 832.124,50 (rev. 3)

384 exames de análise de marcha (cinemática 3D, cinética, eletromiografia dinâmica, laudo e discussão de resultados para planejamento do melhor procedimento de reabilitação possível)

7. Independência de atuação:

Embora o exame de marcha seja um procedimento de alto custo, o HIAE pratica preço similar ao de outras instituções em São Paulo. Possivelmente, com a difusão contínua da análise de marcha, o custo do exame tenderá a ser reduzido, como ocorreu com outros instrumentos de diagnóstico. Entretanto, este projeto tem como prioridade permitir o acesso de pacientes de baixa renda e profissionais da reabilitação à análise clínica da marcha, assim, caso outro laboratório possa fornecer serviços equivalentes por um custo inferior aos oferecidos pelo HIAE, otimizando os recursos arrecadados por doações, as instituições envolvidas tem autonomia para migrar o projeto para este laboratório. Todos os recursos de doações serão dirigidos inicialmente às instituições de reabilitação, que posteriormente efetuarão o pagamento do exame ao HIAE, como atendimento de um paciente particular.

8. Captação de Recursos:

Um projeto, baseado nas informações contidas nesta proposta preliminar, será encaminhado ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), no condição de empréstimo a fundo perdido:
BNDES Fundo Social

Também serão tentadas doações junto à empresas privadas, por meio de abatimento de parte do imposto de renda devido por pessoa jurídica. Assim, caso exista interesse de empresas de qualquer ramo de atividade em contribuir com este projeto, solicito, por favor, que entrem em contato pelos e-mails ou telefone contidos na página de Contato deste website.

Nota: A captação, gerenciamento e prestação de contas dos recursos arrecadados neste projeto ficarão sob a responsabilidade das instituições de reabilitação participantes. Conforme mencionado anteriormente, o laboratório de marcha do HIAE será apenas um prestador de serviços.

9. Especial Agradecimento:

Este projeto será desenvolvido e adequado às normas de submissão estipuladas pelo BNDES Fundo Social pelo Sr. Sérgio Pereira, Estratégica Consultoria e Serviços, em caráter de doação.



Autor:

Wagner de Godoy Engenheiro Mecânico
Laboratório de Estudos do Movimento Einstein (LEME) - HIAE
Plataforma Lattes